Vendeu ‘a vista’ ou ‘ à vista’?

Gramática.

Se alguém “vendeu a vista”, deve ter vendido “o olho” (a vista = objeto direto).
Seu desespero era tanto que primeiro vendeu o carro, depois vendeu um rim e agora vendeu a vista.

Se não era nada disso que você queria dizer, então a resposta é outra:
vendeu à vista”, e não a prazo (à vista = adjunto adverbial de modo).

Observe que nesse caso não se aplica o macete da substituição do feminino pelo masculino (à vista > a prazo).
Por causa disso, há muita polêmica e algumas divergências entre escritores, jornalistas, gramáticos e professores.
Sou a favor do uso do acento da crase em todas as locuções adverbiais femininas: à beça, à força, à mão, à tarde, à toa, à ultima hora, à vista, à vontade, às avessas, às claras, às vezes.

(Fonte: Prof. Sérgio Nogueira)