Se eu POR, PUZER ou PUSER?

Gramática_thumb[8]

Fiquemos bem atentos!

O certo é “se eu PUSER”.

- POR  (=sem acento) é preposição: 
   Ex.: “Eu vou POR este caminho”.

 

- PÔR é o infinitivo do verbo:
   Ex.: “Eu vou PÔR o livro sobre a mesa.”

 

- PUSER é o futuro do subjuntivo:
  Ex.: “Se você PUSER o casaco, sairemos.”

 

Nas formas verbais de PÔR, o som “zê” é escrito sempre com “s”:

Eu pus, tu puseste, ele pôs, pusemos, puseram, pusesse, pusera, pusermos, puserem…

 

(Fonte: Sérgio Nogueira)